Cinema: Ator de 24 anos vale o ingresso de A Prece

Anthony Bajon é o viciado Thomas, no filme francês "A Prece" (2018)

“A Prece” está em cartaz nos cinemas e é uma experiência emocionante. É uma história linda, com um desfecho mais lindo ainda e com um protagonista tão jovem e tão fabuloso que eu indicaria ao Oscar.

Não vi em 2018 nenhuma atuação masculina tão perfeita e comovente como a do ator francês Anthony Bajon, 24 anos. É de encher os olhos em todos os sentidos.

Bajon interpreta Thomas, um garoto sem família, de passado nebuloso, que é viciado em heroína. Não fica bem explicado, mas após uma overdose e internação às pressas ele é enviado para uma “rehab” nos Alpes.

É uma comunidade religiosa, cristã. Todos ali são viciados em recuperação.

Thomas é triste, amargo, cheio de ódio e rancor. Sua chegada promove uma grande mudança no local e nos demais moradores. Ele não crê em Deus. Não olha ninguém nos olhos. Tem baixa auto-estima. É violento.

Para piorar, suas primeiras semanas sem heroína são um verdadeiro calvário físico, emocional e espiritual.

Mas, a comunidade o ajuda a segurar o “craving”.

“A PRECE”, POR ANTHONY BAJON

Aqui eu faço a observação principal, nem vou falar mais sobre o filme.

O garoto tem uma atuação que eu só posso classificar de gigantesca. Sua composição de um viciado em nível grave é uma coisa que choca.

Claro, o elenco todo é ótimo, as locações são maravilhosas, o texto é de altíssimo nível e bom gosto, mas, como se não bastasse, tem esse garoto Bajon numa performance que eu compararia à de qualquer grande ator da história do cinema.

Não estou exagerando, não. É opinião sincera de cinéfilo.

Não costumo me impressionar com atuações, tem muita gente talentosa no cinema.

Mas, se eu pudesse citar 10 maiores atuações masculinas no cinema que eu já vi até hoje, desde o século passado, ficaria muito propenso a colocar essa no ranking.

Esse garoto merece hoje no mínimo uma indicação ao Oscar. Anotem seu nome. Vai vir muito mais por aí.

Filme: “A Prece” #APrece (2018, França)

Onde: Em cartaz nos cinemas

Avaliação: Fabuloso  🌟🌟🌟🌟🌟 (sim, 6 estrelinhas)

Leia outras críticas de cinema no site Ooops

Assista ao trailer de “A Prece” 

Veja a biografia de Ricardo Feltrin

Mais sobre Ricardo Feltrin no Google

Ricardo Feltrin no UOL

Sobre:

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

Leave A Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.